À conversa com João Rodrigues

À conversa com João Rodrigues

João Rodrigues, atleta português natural de Barcelos, que venceu os 80kms do Grande Trail Serra D’Arga em 2018 e foi segundo no TPG 2019 surpreendeu a comunidade do Trail ao vencer categoricamente os 165kms do TransPeneda-Gerês, com um tempo canhão e debaixo de um temporal brutal.

João Rodrigues, Portuguese athlete from Barcelos, who won the 80kms of the Grande Trail Serra D'Arga in 2018 and was 2nd in the TPG 2019, surprised the trail community by winning the 165kms of the TransPeneda-Gerês, with a great time and under a brutal storm.





CSNE: João, qual o segredo para correr tão rápido estes 165kms brutais do TransPeneda-Gerês?
CSNE: João, what is the secret to run these 165kms of TransPeneda-Gerês so fast?

João Rodrigues:  Em primeiro lugar, queria agradecer pela qualidade do evento e pela simpatia que recebi em toda a prova.
Não há segredos. Fui treinar bastante e principalmente fazer um reconhecimento do percurso. Não costumo fazer reconhecimento de onde vou correr mas para esta prova, como era por GPS, eu achei que era importante ter um pré-conhecimento do trajeto.  Também porque treinei com os meus amigos  que venceram a prova por estafetas. Eu lancei o desafio e eles  aceitaram, com a condição de que eu tinha que os orientar. Então, treinamos a orientação por GPS e  a estratégia deles e minha. Eu gosto de apreciar as paisagens e tirar fotos  e sabia que em prova isso era difícil. Então, nos treinos, deu para treinar e desfrutar da beleza do parque nacional.

João Rodrigues: First of all, I would like to thank you for the quality of the event and for the support I received throughout the race.
There are no secrets. I trained a lot and, mainly, I did a recognition of the route. I don't usually do previously a recognition of the course but for this race, as we had to follow the course by GPS, I thought it was important to have a foreknowledge of the route. Also because I trained with my friends who won the relay race. I challenged them and they accepted, with the condition that I had to guide them. So, we trained in GPS guidance and their strategy and mine. I like to enjoy the landscapes and take pictures and I knew that, during the race, it would be difficult to do it. During the training, I was able to enjoy the beauty of the national park.

CSNE: Como vês esta prova e que futuro achas que terá?
CSNE: How do you see this race and what future do you think it will have?

João Rodrigues:  Acho que não deve haver melhor, quer pelo local quer pela organização. A meu ver, pode facilmente ser uma prova de nível internacional.  Em 2 ou 3 anos e, é claro, que em condições normais sem pandemias.

João Rodrigues: I think there can be no better, either for the location or the organization. In my opinion, it can easily be a world-class event. In 2 or 3 years and, of course, under normal conditions without pandemics.





CSNE: Muitos atletas que participaram este ano já consideram o TPG como o UTMB Português. Não achas que é colocar o evento num patamar muito alto ou achas que tem mesmo condições para ser a grande prova de 100 milhas portuguesa?
CSNE: Many athletes who participated this year already consider TPG as the Portuguese UTMB. Don't you think that is putting the event on a very high level or do you think it has the conditions to be the great Portuguese 100-mile race?

João Rodrigues: Não gosto de chamar os nomes com comparações tipo "TPG, o UTMB português" ou "Sistelo, o Tibete português". Eu já corri no UTMB, no MIUT, nos Pirineus, nos Açores, nos Picos da Europa. O TPG é uma prova única, no Parque Nacional Peneda-Gerês. o TPG pode ser uma das provas mais badaladas do panorama Mundial.

João Rodrigues: I don't like to call names with comparisons like "TPG, the Portuguese UTMB" or "Sistelo, the Portuguese Tibet". I have already raced at UTMB, MIUT, at Pyrenees, at Azores, at Picos da Europa. The TPG is a unique event in the Peneda-Gerês National Park. TPG can be one of the most popular events in the world.

CSNE: É um dos teus grandes objetivos em 2021 voltar a correr o TPG, bater o teu tempo e tentar ganhar de novo?  
CSNE: Is it one of your big goals in 2021 to run TPG again, beat your time and try to win again?

João Rodrigues:  Claro que planeio correr a prova em 2021 e, tentar bater o meu tempo, é uma meta. Mas tudo vai ser diferente em Junho. O calor pode ser um inimigo maior que o frio e a chuva. Num dos treinos para a prova que fiz, entre Melgaço e Lindoso a temperatura estava nos 38°graus e foi muito mais difícil fazer que no dia da prova com a chuva, vento e frio. Espero que no próximos anos a prova seja mais competitiva, com estrangeiros de elite, e que eu possa correr ao lado deles.

João Rodrigues: Of course I plan to run the race in 2021 and trying to beat my time is a goal. But everything will be different in June. Heat can be a bigger enemy than cold and rain. In one of the training sessions for the race I did, between Melgaço and Lindoso the temperature was 38 ° degrees and it was much more difficult to do that on the day of the race with rain, wind and cold. I hope that in the coming years the race will be more competitive, with foreigner elite athletes, and that I will be able to run alongside them.

CSNE: Todos sabemos que és um apaixonado pela Montanha e pela superação pessoal mas tu vens do ciclismo. Como foi esta mudança?
CSNE: We all know that you are passionate about the Mountain and personal overcoming but you have started your sports life in cycling. How was this change?

João Rodrigues: Foi natural e sem pressa. Continuo a fazer ciclismo. É uma coisa que me dá muito prazer. Mas a montanha tem uma coisa que não se consegue explicar. Eu, realmente, sou um apaixonado pela natureza mas também tenho esta vertente de me querer superar e levar o corpo ao limite. Tento fazer uns períodos de treinos intensivos e ter cuidado na alimentação durante 2 ou 3 meses mas, depois desligo o chip da competição e ligo o chip da brincadeira para curtir os treinos com a esposa e a malta amiga.

João Rodrigues: It was natural and calm. I still go cycling. It gives me great pleasure. But the mountain has something that cannot be explained. I am really passionate about nature but I also have this characteristic of wanting to overcome myself and push my body to the limit. I try to do periods of intensive training and eating healthy food for 2 or 3 months, but then I turn off the competition button and just enjoy training with my wife and friends.





CSNE: Já tens calendário fechado para 2021? As provas da Carlos Sá Nature Events fazem parte dos teus grandes objetivos? Se sim, quais e porquê?
CSNE: Do you already have plans for 2021, in terms of races that you want to participate? Are the CSNE events part of your big goals? If so, which ones and why?

João Rodrigues: Não, para o ano de 2021 não tenho nada planeado. A vida com esta pandemia é uma incerteza. Tenho provas que foram canceladas este ano e no próximo ano vamos ver o que vai acontecer. Gosto de todos os anos fazer coisas novas. Há provas do Carlos Sá Nature Events que quero fazer, como a Serra Amarela e Penacova.

João Rodrigues:No, I don't have anything planned for 2021. Life with this pandemic is uncertain. I have some races that were canceled this year and next year we will see what will happen. I like to do new things every year. There are some CSNE's races that I want to run, such as Serra Amarela and Penacova.

CSNE: Temos hoje em Portugal grandes atletas e muitas e boas provas. No teu entender, quais as grandes diferenças entre as grandes provas nacionais e as internacionais?
CSNE: Today we have great athletes in Portugal and many good events. In your opinion, what are the major differences between the major national and international events?

João Rodrigues: Isto é uma questão que vai de encontro ao que disse antes. Acho que o trail é feito de experiências e, quantos mais locais os atletas conhecerem, melhor. Em relação às provas de 100 ou mais Kms: em  Portugal não temos, a meu ver, muitas provas que valham a pena correr todos os anos. O MIUT é uma grande prova mundial e o TPG também pode vir a ser. O Gerês é muito belo e isso certamente vai fazer os atletas quererem participar. Tirando isso não vejo diferenças entre UTMB e o TPG. O UTMB é nos Alpes e é isso que chama gente. Não é a organização, que fica muito àquem das organizações nacionais.

João Rodrigues: I think the trail is made up of experiences and the more places the athletes get to know, the better. Regarding the 100 or more kms races: in my opinion, in Portugal we don't have many races that are worth running every year. MIUT is a great world event and TPG can also become one. Gerês is very beautiful and this will certainly make athletes want to participate. Apart from that, I see no difference between UTMB and TPG. UTMB takes place in the Alps and that's what people look for. It is not for the organization. We have better national organizations.

CSNE: O Carlos Sá está a tentar arranjar condições para lançar em 2021 um circuito de provas da Nature Events com prémios atrativos. Será um calendário muito variado. O que achas deste possível circuito? Que atrativos deverá ter para ser apelativo para atletas de elite como tu e atletas de pelotão?
CSNE:Carlos Sá is trying to find conditions to launch, in 2021, a circuit of Nature Events races with attractive prizes. It will be a very diverse calendar. What do you think of this possible circuit? What attractions should it have to be appealing to elite athletes like you and other athletes?

João Rodrigues: A ideia de um circuito com prémios atrativos é boa. Tudo que queiram fazer para melhoras as condições dos atletas é uma mais valia. Mas, mais importante que prémios atrativos, era fazer divulgação nas televisões e jornais. Se conseguíssemos mais divulgação os apoios aos atletas também acabariam por chegar por meio das equipas e patrocínios. É isso que faz o UTMB ser a maior prova do mundo. 

João Rodrigues: The idea of a circuit with attractive prizes is good. Anything you want to do to improve the conditions of the athletes is great. But, more important than attractive prizes, is the advertisement on television and newspapers. If we could get more publicity, support for athletes would also end up arriving through teams and sponsorships. This is what makes UTMB the biggest event in the world.

CSNE: João, em nome da equipa Carlos Sá Nature Events, desejamos-te um Santo e Feliz Natal e que 2021 se traduza na realização dos teus sonhos. Temos um enorme carinho, respeito e admiração por ti e por todos os atletas que, como tu, fazem deste desporto uma filosofia de vida, sempre em respeito pela natureza e pelo próximo. Muito obrigado!
CSNE: João, on behalf of the Carlos Sá Nature Events team, we wish you a Merry Christmas and may 2021 translate into the achievement of your dreams. We have an enormous affection, respect and admiration for you and for all the athletes that, like you, live intensively this sport, always in respect for nature and for others. Thank you!

João Rodrigues: O meu muito obrigado.

João Rodrigues: Thank you very much.

CONTACTOS

EMAILWHATSAPPTELEMÓVEL
Email: info@carlossanatureevents.com
Telemóvel: +351 968 644 158
Avenida da Cal, lote 125 r/chão, 4750-787 Vila Boa - Barcelos

SEGUIR